ESPECIALISTA EM COMMODITIES
DESDE 1989

Atendimento

33 3331 1000

CHARBEL NEWS

Arroz

Preços do arroz contidos pelas fortes importações

12/07/2017 - 11h50

Mercado de arroz segue firme /estável. Produtores já comercializaram "o urgente"e aguardam melhores preços  para o segundo semestre.

Abraço !

Charbel Felipe Silva 

Preços do arroz contidos pelas fortes importações

Mesmo com as cotações globais em forte alta no primeiro semestre deste ano e patamar mais elevado do dólar – na casa dos R$ 3,30, os preços do arroz em casca seguem praticamente estáveis nos últimos meses. No Rio Grande do Sul, a média ponderada do arroz em casca com média de 58% de grãos inteiros é de R$ 40,68 por saco de 50 Kg, com alta acumulada de 2,9% nos últimos 30 dias, mas ainda 19,8% abaixo do valor registrado no mesmo período do ano passado, que foi de R$ 50,75 por saco de 50 Kg. A maior safra deste ano e o volume de importações superando largamente o resultado das exportações impossibilita uma reação mais expressiva dos preços em nível de produtor.

 

Conforme levantamento do Instituto Rio-Grandense do Arroz (Irga), a colheita da safra de arroz 2016/2017 no Rio Grande do Sul atingiu 8,742 milhões de toneladas, 19% acima do ano-safra anterior ou 1,4 milhão de toneladas a mais. Na Tailândia – maior exportador global ao lado da Índia –, o arroz beneficiado Thai WR100%B subiu para US$ 463,00 a tonelada FOB neste início de julho, acumulando uma alta expressiva de 25,4% neste ano de 2017. No acumulado do primeiro quadrimestre do ano-safra 2016/2017, entre março e junho, as importações brasileiras de arroz apresentam expressivo aumento de 50%, totalizando 440.617 toneladas (base casca), contra 294.632 toneladas (base casca) importadas no mesmo período do ano-safra anterior.

 

Por outro lado, no mesmo período, as as exportações brasileiras de arroz apresentam expressivo recuo de 53%, totalizando 204.798 toneladas (base casca), contra 433.123 toneladas (base casca) embarcadas no mesmo período do ano-safra anterior. Com isso, o primeiro quadrimestre do ano-safra 2016/2017 fechou com déficit na balança comercial do setor da ordem de 235.818 toneladas (base casca). Dessa forma, no acumulado da atual safra, o Brasil segue como importador líquido de arroz, com importações (440.617 toneladas base casca) superando o volume exportado (204.798 toneladas base casca). Elaboração: Carlos Cogo Consultoria Agroeconômica.