ESPECIALISTA EM COMMODITIES
DESDE 1989

Atendimento

33 3331 1000

CHARBEL NEWS

Açucar

AÇÚCAR : Preços cedem e estabilizam

24/07/2017 - 21h33

O mercado "real " interno de açúcar , se mantem estável nos ultimos dias.Apesar do indicador Esalq ter baixado , continua acima do valor " de fato " negociado, que é o mesmo há 30 dias.Os preços se encontram muito deprimidos,e dificilmente cedem mais.

Abraço !

Charbel Felipe Silva

Açúcar: colheita avança e pressiona preços internos

Em São Paulo, a ausência de chuvas tem favorecido o avanço da colheita da cana-de-açúcar, aumentando a oferta de açúcar pelas usinas. A maior disponibilidade do cristal, por sua vez, tem pressionado as cotações no mercado spot. O Indicador CEPEA/ESALQ do açúcar cristal, cor Icumsa entre 130 e 180, registra queda de 5,1% nos últimos sete dias, cotado a R$ 59,31 por saca de 50 Kg. No acumulado do mês, a queda é de 8,3%. Apesar do cenário baixista, as cotações internas continuam apresentando vantagem sobre as exportações. No contexto externo, o contrato do açúcar demerara na Bolsa de Nova York, iniciou a semana passada em queda, que foi rapidamente revertida.

 

Na quarta-feira (19/07), os contatos futuros de açúcar tiveram forte alta, devido às notícias sobre geada em regiões canavieiras de Mato Grosso do Sul. Segundo a União dos Produtores de Bioenergia (Udop), 16 das 20 usinas da região registraram a ocorrência do fenômeno. A expectativa de que a geada pudesse atingir algumas regiões de cana-de-açúcar de São Paulo também justifica a elevação dos futuros. No entanto, com a dissipação da massa de ar polar, os contratos em Nova York perderam a sustentação, fechando a semana passada com leve queda. No balanço, o resultado foi positivo. Nos últimos sete dias, o açúcar demerara (contrato Outubro/2017) na Bolsa de Nova York registra alta de 0,7%, cotado a 14,40 centavos de dólar por libra-peso.

 Fonte: Cepea. Adaptado por Carlos Cogo e Charbel Felipe Silva