ESPECIALISTA EM COMMODITIES
DESDE 1989

Atendimento

33 3331 1000

CHARBEL NEWS

Arroz

Arroz: Medidas de apoio para a comercialização

22/09/2017 - 9h50

Governo dará apoio aos produtores para  "estabilizar "os preços de arroz , em ano de muita oferta, com ótima safra e opções de importação favorável , em especial do Paraguai.

 

Abraço

Charbel Felipe Silva 

Medidas de apoio para a comercialização do arroz

O Ministério da Agricultura espera para até 15 dias a publicação da portaria que autoriza a liberação de R$ 100 milhões para medidas de apoio à comercialização de trigo e arroz, segundo afirmou o secretário de Política Agrícola, Neri Geller, na quarta-feira (20/09). Segundo ele, a portaria já saiu do Ministério da Agricultura, está alinhada com o Ministério da Fazenda e deve ser publicada em 15 dias. O caráter da medida é preventivo. No momento certo, se o preço cair, será feita a intervenção. A decisão do governo atende reivindicações do setor produtivo. De acordo com associações de produtores, os orizicultores reclamam de dificuldades de comercialização do produto in natura e beneficiado e também do aumento das importações.

 

Na semana passada, depois de reuniões, em Brasília (DF), a Federação dos Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), informou ter recebido do governo o compromisso da realização de leilões de prêmio de escoamento (PEP e Pepro) para a cultura. As respostas dadas pelo governo foram de apoio e de que haverá intervenção para melhorar a situação. Enquanto as portarias tramitam, o setor estará formatando calendário e parâmetro para os mecanismos. A tendência tem sido de queda nos preços do arroz neste mês. O indicador do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), com base no Rio Grande do Sul, aponta uma desvalorização de 2,3% na parcial de setembro, cotado a R$ 37,53 por saco de 50 Kg.

 

Boa parte das indústrias esteve retraída para novas compras no mercado doméstico, dando preferência ao arroz em seus armazéns ou ao importado. Do lado vendedor, a oferta aumentou, já que os produtores, apreensivos com as desvalorizações, disponibilizaram lotes para fazer caixa e cumprir com compromissos. O Preço Mínimo do arroz em casca, tipo 1, para a safra 2017/2018 será de R$ 36,01 por saco de 50 Kg nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O novo valor vigora de fevereiro de 2018 a janeiro de 2019. Atualmente, o Preço Mínimo é de R$ 34,97 por saco de 50 Kg no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Fontes: G1 e Cepea. Adaptado por Carlos Cogo Consultoria Agroeconômica.