ESPECIALISTA EM COMMODITIES
DESDE 1989

Atendimento

33 3331 1000

CHARBEL NEWS

Açucar

Os preços do açúcar continuam firmes

20/06/2018 - 10h28

Os preços do açúcar continuam firmes, mas em fluxo mais normal de vendas , depois do desabastecimento causado pela greve.Charbel Felipe Silva 

Açúcar: preços seguem em alta no mercado físico

Em São Paulo, na primeira quinzena de junho, os preços do açúcar cristal no mercado spot subiram frente ao do mês anterior. Na primeira quinzena de junho, o Indicador CEPEA/ESALQ (cor Icumsa de 130 a 180) teve média de R$ 57,40 por saca de 50 Kg, 5,77% superior à média de maio, de R$ 54,27 por saca de 50 Kg. Apesar dessa alta, nota-se que os preços do cristal têm oscilado neste mês, sem definição de tendência. Na semana passada, especificamente, o Indicador CEPEA/ESALQ esteve cotado entre R$ 57,00 e R$ 58,00 por saca de 50 Kg. O Indicador Cepea subiu 1.1% nos últimos sete dias, cotado a R$ 58,30 por saca de 50 Kg. No período, o volume e o número de negócios esteve estável. 

 

Segundo a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Única), nos dois primeiros meses da safra 2018/2019 (abril e maio), as usinas de São Paulo moeram 82,631 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, volume 21,9% maior que os mesmos meses da temporada passada. A produção de açúcar, por sua vez, totalizou 3,91 milhões de toneladas, 1,03% inferior ao de igual período do ano passado. Esse resultado foi consequência de redução no volume da cana-de-açúcar direcionado à produção do açúcar, estimado em 39,7% do total da cana-de-açúcar moída. No ano passado, um pouco mais da metade da cana-de-açúcar (51,9%) era usada para a produção do adoçante. Na Bolsa de Nova York, os preços do açúcar demerara chegaram a apresentar ganhos em alguns dias da semana passada. Na quarta-feira (13/06), o contrato Julho/2018 fechou a 12,51 centavos de dólar por libra-peso, impulsionado por movimentos de compras de posições.

 

No entanto, a valorização do dólar voltou a pressionar o contrato, já que esse movimento sugere maior volume de exportação e aumento da oferta no mercado internacional. Além disso, na sexta-feira (15/06), o preço do barril do petróleo cedeu um pouco, influenciando o contrato do demerara. Nos últimos sete dias, a cotação do açúcar demerara (contrato Julho/2018) registra queda de 1,88% na Bolsa de Nova York, cotado a 12,02 centavos de dólar por libra-peso. Em São Paulo, no atacado, o Indicador de Cristal Empacotado está cotado a R$ 6,98 por saca de 5 Kg, alta de 0,97% nos últimos sete dias.  Fonte: Cepea. Adaptado por Cogo Inteligência em Agronegócio.