ESPECIALISTA EM COMMODITIES
DESDE 1989

Atendimento

33 3331 1000

33 99977-1002

CHARBEL NEWS

Arroz

Mercado de arroz segue muito firme

08/06/2018 - 11h25

Mercado de arroz segue muito firme , com boa demanda, menor oferta , ajudada pela exportação e preços que se encontravam muito baixos .Charbel Felipe Silva 

Indicador do Arroz em Casca sobe com a demanda

No Rio Grande do Sul, a firme demanda por arroz em casca e a retração de vendedores impulsionaram o preço do produto em maio pelo terceiro mês consecutivo. No acumulado do mês de maio, o Indicador ESALQ/SENAR-RS, para o produto com 58% de grãos inteiros, subiu 3,7%, cotado a R$ 37,56 por saco de 50 Kg. O Indicador está cotado atualmente a R$ 38,10 por saco de 50 Kg.

 

Alguns produtores seguem afastados do mercado doméstico, direcionando lotes para exportação ou negociando outros produtos, como soja. No geral, a comercialização de arroz em casca esteve limitada à necessidade de “fazer caixa” de alguns orizicultores. Do lado comprador, boa parte da indústria demonstrou interesse por novas aquisições, devido à necessidade de repor estoques. Fonte: Cepea. Adaptado por Cogo Inteligência em Agronegócio.

Exportações de arroz no maior nível desde 2012

As exportações brasileiras de arroz (base casca) em maio/2018, o terceiro mês do ano-safra 2017/2018, que iniciou em 1º de março de 2018 e se encerra em 28 de fevereiro de 2019, atingiram 201.576 toneladas (base casca), 159% acima do registrado no mesmo mês do ano anterior (maio/2017) e o maior volume embarcado pelo País desde maio de 2012. Em relação ao mês anterior (abril/2018), as exportações cresceram 111 %. As exportações de maio/2018 ficaram 127% acima da média mensal de embarques no ano-safra anterior (2016/2017), que foi de 88.777 toneladas (base casca).

 

Em maio/2018, os destaques foram as exportações de 60 mil toneladas de arroz em casca para a Venezuela e de outras 21 mil toneladas de arroz em casca para a Costa Rica. Do total exportado em maio, os embarques de arroz em casca responderam por 40,2% do total. As exportações de produto beneficiado responderam por 17,6% das vendas externas e as de quebrados de arroz, por 42,2% do total embarcado em maio.

 

No acumulado deste ano-safra 2017/2018, entre março e maio de 2018, as exportações brasileiras de arroz registram uma forte expansão de 203%, totalizando 490.626 toneladas (base casca), contra 161.951 toneladas (base casca) exportadas no mesmo período do ano-safra anterior (2016/2017). Com esse resultado, o Brasil fecha o primeiro trimestre do ano-safra 2017/2018 com superávit de 296.150 toneladas (base casca) na balança comercial do setor. Fonte dos dados: Secex. Elaboração: Carlos Cogo Consultoria Agroeconômica.